Carnaval – tradição secular (Capítulo I)

Carnaval – tradição secular (Capítulo I)

Carnaval é uma bagunça, bebedeira e confusão, época em que as pessoas saem semi-nuas para as ruas e clubes para ser quem elas querem ser, e soltar todos os desejos reprimidos. Acaba, por fim, sendo uma festa violenta e perigosa! Carnaval é isso!

 

Então veja este vídeo antes de continuarmos nossa conversa:

 

 

Você com certeza já ouviu falar do Carnaval de Veneza, que de acordo com o WIKIPÉDIA surgiu a partir da tradição do século XVI, ocasião em que a nobreza se disfarçava para se misturar ao povo e fazer a festa sem ser reconhecida. O Carnaval de Veneza tem duração de 10 dias e durante as noites se realizam bailes nos salões, aliás, exuberantes e sem igual, não deixe de ver no site oficial a programação completa.

Os trajes usados são característicos do século XVIII, e os mais comuns são a máscara nobre, caretas brancas com roupa de seda negra e chapéu de três pontas. Faz sentido não, pois uma vez iniciada a tradição pelos nobres, os trajes deveriam ser nobres! Decerto o povão olhava e dizia: Olha, mais um nobre tentando se disfarçar! Mais recentemente, à partir de 1979, outras cores começam a ser incorporadas nos trajes, embora as máscaras continuem a ser brancas, prateadas e douradas.

 

 

a nobreza do prateado mascara branca porem novas cores mais recentemente

 

 

O prateado é uma cor nobre, portanto muito usada até hoje, como nesta mágica fantasia.

 

 

 

 

 

 

 

 

Novas cores passam a ser usadas mais recentemente, porém, as máscaras brancas prevalecem, como reza a tradição.

 

 

 

 

 

Ainda segundo o WIKIPÉDIA, Em 1797 Veneza passou a fazer parte do Reino Lombardo-Véneto, quando Napoleão Bonaparte assinou o tratado de Campo Formio. No que respeita ao Carnaval, os festejos foram proibidos. No ano seguinte os austríacos tomaram conta da cidade.

tradicional mascara branca

Os festejos só foram restabelecidos em 1800 de forma oficial, após quase dois séculos de ausência. Desde então a festa faz-se nos dias antes da Quaresma.

 

novas cores nas fantasias trouxe mais alegria o branco e o dourado são recorrentes a nobreza do dourado

 

No Brasil o Carnaval de Veneza mais famoso é durante a Festa da Gastronomia em Nova Veneza, Santa Catarina.

Veja esta matéria do ano passado.

 

 

O Baú dos Antigos faz um convite para que você se ligue na Cultura Antiga e sinta como é bom conhecer novos costumes, abrir a mente e viajar para o passado buscar inspiração no que é bem feito e merece ser apreciado com contemplação! Viva o Carnaval, viva a Cultura Antiga!

Veja ainda esta semana o Capítulo II

 

Eu sou o

Mauricio Super

Obrigado por nos acompanhar

 

CC BY-SA 4.0 Carnaval – tradição secular (Capítulo I) by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

One Response so far.

  1. […] assim que começamos a matéria anterior (Capítulo I) e acabamos chegando a outras conclusões, não é? Como o Carnaval brasileiro você já conhece, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *