Exposição de motos antigas e customizadas na Cabral

Exposição de motos antigas e customizadas na Cabral

Aconteceu neste sábado 25 de março, uma exposição especial de motos antigas e customizadas na Concessionária Honda Cabral Motor em Curitiba… E nós fomos lá conferir as motos que tanto estiveram presentes em nossos sonhos!  

CBX 750F (1986) em destaque - a primeira desta sérieFiquei sem saber o que olhar primeiro, e pensei que o tempo tinha parado, exatamente nos bons tempos, e entre as minhas motos prediletas… 

CABRAL MOTOR, A CONCESSIONÁRIA MAIS ANTIGA DO BRASIL

Hoje as motos modernas hoje cederam seu espaço para a velha guarda; uma geração que evoluiu com soluções mecânicas e estéticas, e fez escola para que hoje a segurança e o conforto invadisse as motos. E foi um show de nostalgia e beleza. A CBX 750F foi fabricado entre 1986 e 1994 e representou uma evolução marcante no modelo, trazendo carenagens parciais e totais, com soluções estéticas que arrebentaram, e ficou conhecida como a 7 Galo, símbolo de uma época de ouro; veja o detalhe abaixo:

detalhe da CBX 750F (1986) - conhecida como 7 galo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas havia uma variedade de modelos nesta exposição, que representou muito bem toda uma geração de máquinas para os vários estilos, e bolsos.

XL 250R (1983) - valente e confortável, mas esquentava os pes

A valente XL 250, que parecia ter mais potência do que realmente tinha, de uma ciclística ágil, confortável pela suspensão elevada e leve, permitindo manobras e curvas bem radicais. Mas como você sabe? Pilotei uma idêntica a esta nos anos 80…

XL 250R (1983) em detalhe

CB 450 (1985) - linda, naked, forte e veloz

CB 450 (1985) em detalhe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A sofisticada CB 450, estilo naked, moto de qualidade e veloz, que agradava aos mais exigentes; forte e veloz, para quem gostava de expor o motor, que é o meu caso. Nesta maravilha só andei de garupa!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para uma visão geral do evento, aumente o som e confira o vídeo

A Cabral Motor nos proporcionou um passeio a um passado que não se repete…

CG Bobber, arte de pai para filho detalhe da CG Bobber; arte em movimento

Obra de arte, de Pai para filho, CG Bobber 1989, foi desenvolvida especialmente por Celio Dobrucki para o filho Gabriel, estilo Bobber e motor de CG.

 

 

Em estilo minimalista, sem para-lamas, o estilo nasceu após a segunda guerra mundial, usando motos e partes excedentes da guerra.

 

 

 

CG 125 (1984) estilo cafe racer Estilo Café Racer à partir de uma CG 125, de 1984, customizada pela empresa Garagem Rabugentus, estilo que bombou na década de 60, quando jovens se reuniam em Cafés na beira da estrada para ouvir Rock nas Jukeboxs.

 

ST 70 (setentinha)

ST 70 em detalhe, qualidade das "grandes" ST 70 - sucesso da década de 70 ST 70 em detalhe, motor de 72cc e 5,2hp

Quem diria que motos de baixa cilindrada, como estas “setentinhas” fossem ocupar lugar de destaque em exposições de alto nível; visão privilegiada de seus proprietários, hoje colecionadores.

 

Neste detalhe podemos conferir que mesmo sendo de baixa cilindrada, a qualidade dos materiais utilizados no acabamento era excelente.

 

Dose dupla de ‘setentinhas” nesta exposição; estas mini bikes tinham o objetivo de serem desmontadas e transportadas com a bagagem da família, na década de 70.

 

Motor de 72cc e 5,2 hp dava conta do recado para pequenos passeios e lazer. Mas não se engane, muitas foram usadas para trabalhar e no dia a dia, e tinha também a “cinquentinha”, ainda mais conhecida.

 

Voltando às potentes e maravilhosas esportivas, que marcaram pela agressividade e ronco grave, que assustava ao passar, deixando aquele arrepio na coluna, começamos pela CB 750K

CB 750K: agressiva, elegante, potente CB 750K, fera disfarçada de elegante

Fera escondida por detrás da elegante aparência. Se você não tiver braço, nem desafie esta velha senhora.

CB 750K, 1974

 

 

CBX 1000Z, 1978

CBX 1000Z, 6 cilindros em linha, refrigerada a ar CBX 1000Z, a mais potente da época, 105 CV

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta era a moto em produção mais potente da época, uma 6 cilindros em linha, refrigerada a ar e com 105 cavalos. Nossa, quem podia ter uma dessas!?

Parabéns à Cabral Motor por proporcionar este presente para nós, fãs loucos e apaixonados por estas máquinas!

Era o que eu tinha para hoje, senhores fanáticos por motos, como eu!

CG 125 de lançamento, há 40 anos

Ah, não acabou não, antes vou prestar uma homenagem à guerreira, CG 125, através desta imagem de um exemplar de lançamento, de 1977, cujo garoto propaganda foi o Rei Pelé. Aos 40 anos deste lançamento, a Honda lançou um modelo especial comemorativo.

E assim encerramos a matéria! Opa, e as outras motos expostas!?!?

Claro que tem mais, mas aí é uma outra História que eu conto na semana que vem, com modelos da linha CB 400, 450 e 750, e mais a Gold Wing 1000! Você vai perder?? Então, não esqueça de curtir a página e até a semana que vem

Eu sou o Mauricio Super

Continue conosco e curta a página 

 

CC BY-SA 4.0 Exposição de motos antigas e customizadas na Cabral by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

One Response so far.

  1. […] na Concessionária Honda Cabral Motor em Curitiba… Nós conferimos, publicamos a primeira parte da matéria no dia 30 de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *