Maverick Clube de Curitiba – O maior encontro de Maveckos do planeta?

Maverick Clube de Curitiba – O maior encontro de Maveckos do planeta?

Que tal uma concentração de 130 Maverick’s de todos os modelos e cores?

17º aniversario maverick clube de curitiba

Brincadeira??

Não, isto aconteceu Domingo, 04 de Dezembro de 2016, no Armazém Garagem de Curitiba! Um dia para ficar na História do Clube. Esta foto não mostra todos os Maverick’s presentes, mais para a esquerda e para a direita, fora do alcance da camera tem mais Maverick, lá dentro do barracão tem mais Maverick! controle de acessoQue evento grandioso, realmente difícil de acreditar numa quantidade de veículos deste porte, e todos em bom estado, brilhando em todos os sentidos. Você vai vendo a seguir. mavericks enfileiradosLogo na entrada, segurança e organização, controle de acesso dos participantes e instruções para a participação dos sócios e convidados. Mas como explicar um evento deste porte? Simplesmente os sócios e convidados foram aparecendo?

Temos que voltar no tempo para entender este fenômeno, na verdade voltamos para Dezembro do ano passado, pois logo que acaba um Aniversário do Clube, que é sempre no início de Dezembro, os envolvidos já começam a pensar no próximo…

muitas cores e modelos Mas não explica o número recorde de Maverick’s ao mesmo tempo num encontro, como jamais visto antes? Sim, podemos tentar explicar isto! Quando reunimos a vontade de realizar aliada a uma Equipe afinada, jovem e renovada, com garra e persistência, começamos a entender; mas não é simples assim, apenas isto e está resolvido. Junte-se a isto o carisma e a amizade pelos sócios e amigos, o respeito pelas pessoas e familiares e a percepção não da limitação de cada um, e sim da maneira que cada um pode colaborar,então começa a fazer sentido esta reunião sem igual!

ambiente interno, mais maverick's

reunião da familia maverick

 

 

 

 

 

A organização de um evento destes requer muitos detalhes, muito trabalho físico e intelectual, são meses de preparo e divulgação, escolha do melhor local, negociação de logística e preços, convites e segurança, conforto e surpresas do clima de Curitiba. E foi tudo perfeito, havia o ambiente interno caso chovesse, mas depois de muita água, fez um lindo dia de Sol, pois sabe-se o poder do São Maverickeiro! Agora vamos para alguns destaques da festa!
mesmo dia de fabricação

(Uma curiosidade: na foto ao lado vemos um fato inusitado; dois Maverick’s Super Luxo, 1976, fabricados no mesmo dia, comprovado por suas plaquetas de identificação. Idênticos!I encontro de peruas estilo inusitado traseira "truncada" na perua

As “Peruas Maverick” estavam presentes neste I encontro do modelo, e haviam 3 unidades, visto que são raríssimas e fabricadas em edição muito limitada na época. Carro de linhas inusitadas, não foi consenso devido ao foco esportivo do Maverick, e hoje virou símbolo de status e exclusividade de poucos privilegiados colecionadores que guardam seus tesouros à sete chaves. Observe os detalhes da traseira e a tampa do tanque lateral.

Alguém aposta quantas tem rodando no Brasil atualmente, visto que só foi fabricada aqui?

 

gt fase 2

À direita o GT fase II; a faixa decorativa acabava antes da caixa da roda dianteira, e vinha com motor 2.3 litros OHC de linha, e o V8/302 passa a ser opcional; era o começo do fim! Mas a lenda sobreviveu! projeto sob medida fase II personalizado feitos nos padrões da fábrica

Na foto acima, projeto customizado, inusitado, diferente e que poucos gostaram, agora vira raridade também. Ao lado mais um exemplar do GT fase II, e neste caso com rodas e cor personalizadas, que deixaram sua aparência exclusiva. O que achou, eu gostei! Curitiba conta hoje com mão de obra especializada para tornar seu sonho realidade e ter um Maverick no modelo que você sonha, como se tivesse saído da fábrica. Não, melhor ainda, pois muitos componentes funcionais, embora idênticos aos originais, são mais modernos e tornam o carro mais eficiente! Na foto acima, dois modelos de carrocerias totalmente originais no estado em que sairiam da concessionária.

maverick made in usa maverick four door made in usa

 

 

 

 

 

Acima dois exemplares de Mavericks exibidos na área interna do encontro, ambos fabricados nos EUA. O marrom é quatro portas, e já com os para-choques maiores, para obedecer a nova legislação americana, mas meu Deus, que coisa feia que ficou! Pouca gente sabe, mas o Maverick foi feito para ter um motor de 6 cilindros, em 1969, e que o V8/302 foi adaptado depois, e fez a fama do modelo, em especial aqui nas terras brasileiras, onde tornou-se a lenda dos anos 1970.

maverick de atitude cor rara e originalidade perfeita

Contrastes de um carro admirado e reverenciado no Brasil. Ao lado um modelo totalmente personalizado, mas mantendo o charme do carro, bem ao gosto do proprietário, com muita atitude. Já o azul, abaixo, numa cor bastante rara, porém, muito original em todos os detalhes, inclusive na faixa do capô, a qual todos acabam deixando brilhante, pois é difícil manter fosca como vinha originalmente. Mosca branca, proprietário detalhista.

O encontro contou com a presença de muita gente de fora, de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio, e até Minas Gerais. Corajosos que colocam seus antigos na estrada e se arriscam para dar mais brilho aos encontros pelo Brasil afora, e alguns vão rodando até para eventos no exterior. Mas, vamos combinar, o Maverick em especial, foi feito para viajar, para rodar e curtir, e não para ficar num museu parado. Você costuma ver Maverick’s em museus? Não? Claro, estão todos rodando e roncando forte, para o prazer dos fãs que enlouquecem quando passamos.

arte sobre rodas

GT fase I

 

 

 

 

 

Detalhes fazem o mito, criam apaixonados e mantém o modelo eternizado nãos mãos de artistas, que buscam manter a originalidade, ou personalizar e atualizar as versões, tribos diferentes, objetivos iguais, paixões arrebatadoras.

estilo único

Abaixo você confere mais alguns detalhes que fazem do Maverick a lenda atual: com projetos personalizados, ou totalmente original, nos mínimos detalhes, como os carros que saem da “Fábrica dos sonhos” de Curitiba, considerada uma concessionária Ford/Maverick pelo detalhismo. Vale a pena investir neste carro que é o desejo de consumo de grande parte dos antigomobilistas. Veja esta sequência de fotos:

maverick da "fábrica dos sonhos" Curitiba maverick da "performance V8" Curitiba maverick da "performance V8" Curitiba maverick da "performance V8" Curitiba meio teto de vinil - charme projeto estiloso estilo agressivo

 

 

 

 

 

 

Este aniversário vai ficar para a História, foi complicado fazer a cobertura pela qualidade e variedade de carros, difícil saber para onde apontar a câmera. Show sem igual.

 

classico hot

O local escolhido, Armazém Garagem, tem um ambiente interno todo decorado com a temática da Cultura Antiga, os organizadores do Aniversário não pouparam esforços para que tudo fosse perfeito, aconchegante, acolhedor, uma família reunida para festejar com alegria. Olha este carro decorando o ambiente, ao lado do palco.

ambiente estilizado temático

 

 

 

 

 

A família Maverick é uma festa, as crianças curtiram o dia, teve até miniatura de GT/V8 filmando por lá! Presença do Maverick Clube do Brasil.

miniatura mas valentefesta para a criançadamaverick clube do brasil

 

 

 

Muita gente se encontrando para colocar as fofocas em dia, amizades que giram em torno da paixão pelo Maverick. Teve até drone para registrar este momento tão especial.

boa conversa drone para registro tecnologia à serviço da cultura antiga

 

 

 

Durante todo o evento teve entrega de brindes para os participantes. E o Baú dos Antigos não ficou de fora, entregando um kit de limpeza da Snow Flakes para um felizardo limpar seu carro em casa.

sorteio de premios para os maverickeiros

Abaixo flagrantes do almoço, muito bem servido e com música ao vivo, em ambiente temático, espaçoso e confortável do Armazém Garagem. E depois do almoço os docinhos de Aniversário.

 

cardapio delicioso musica ao vivo hora da refeição organizadores a postos almoço a la carte docinhos miudos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para fechar com chave de ouro este grande dia, como é de costume, todos se dirigiram aos seu Mavericks e aceleraram juntos. Inesquecível 130 Mavericks acelerando ao mesmo tempo! Mas você tem que estar lá para sentir esta sensação! Não dá pra registrar em foto, nem em vídeo!

Abaixo segue um resumo do dia, em especial dos carros presentes:

 

Ao final, todos estavam surpresos com o dia maravilhoso de Sol, e com a alegria desta festa que vai ficar na memória de todos! Parabéns aos organizadores, aos sócios do MCC e a todo os convidados presentes!

Houve também um minuto de silêncio em homenagem à Chapecoense…

Realmente sem palavras

força chape...

Força Chape…

Mauricio Super

 

CC BY-SA 4.0 Maverick Clube de Curitiba – O maior encontro de Maveckos do planeta? by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

9 Responses so far.

  1. Fábio disse:

    Sensacional Maurício. Parabéns pela cobertura. Vou guardá-la com carinho para mostrar às futuras gerações. Só um detalhe: estiveram presentes 4 peruas Maverick. Tinha uma vermelha super luxo. Parabéns! Parabéns!!!

    • Olá, Fábio, obrigado pela participação! Foi um momento único, além das máquinas maravilhosas, havia uma energia no ar, pessoas felizes com um pensamento único! Quanto a quarta Perua, ela saiu antes que eu pudesse registrar, mas vou ver se consigo identificar o proprietário, para que ele me mande fotos, daí eu posso corrigir este detalhe! Se você puder me ajudar…
      Participe sempre, toda semana tem matéria nova! E muitas novidades vão surgir…Indique para um amigo

  2. Rogerhy N.Buchmann disse:

    Parabéns pela dedicação&empenho na cobertura do evento,Maurício!!Pelo visto,ano que vem,18°aniversário do Maverick CCtba/Pr’,haverá novo recorde de presença dos Maverick’,tamanha foi a repercussão aliada da satisfação*(*organizaçãolocalestruturacolaboradores)de todos os que presentes estiveram em 2016.
    Abraço\o/

    • Olá, meu amigo Roghery, tenho trabalhado com muito prazer, fazendo algo que gosto muito, e esta matéria teve um toque especial, pois nos tornamos uma só família. Não preciso me esforçar para relatar tudo que representa o Maverick Clube de Curitiba, que são amigos de longa data. Mas não parou por aí, tem um bom material ainda que renderá uma “parte II” da matéria, e é pra logo, meu caro. Aguarde um pouco que semana que vem tem a continuação da matéria com material inédito! Curta lá e recomende para os amigos. Obrigado pelo comentário, e continue participando. E cuide deste seu GT79 para uma matéria em breve…

  3. […] (Não deixe de ver a matéria completa, para entender melhor as imagens à seguir!) Segue o link: http://baudosantigos.com.br/?p=3362 […]

  4. Marcelo Russo disse:

    Parabéns ao Maverick clube de Curitiba pelo seu 17o aniversário e ao Baú dos Antigos,pela grande cobertura do evento!

    • Grande Marcelo Russo, bom dia e obrigado pela participação! Este Clube realmente tem futuro, está com uma visão inovadora, e sabe unir a modernidade com o charme da Cultura Antiga, colocando em evidência a importância da memória do passado para construirmos um futuro melhor.
      E nós, do Baú dos Antigos estamos acompanhando este rumo, apoiamos a trajetória de quem trabalha com seriedade, e queremos que mais pessoas se interessem pela memória para aprendermos com o passado, usando as lições para o bem.
      Temos muitos projetos para implementar este ano, e espero que continue nos acompanhando!
      Abraço e Feliz 2017

  5. Prezado amigo, bom dia! Por favor, poderia me dizer onde consigo o parachoque maior que está na foto um pouco acima no site onde se mostram dois Mavericks americanos? Estou interessado em saber sobre o parachoque frontal do maverick verde. Saberia me informar se é possível importar alguns deles? Grato pela ajuda, Miguel Basta

    • Bom dia Domingos, vou passar o telefone de dois contatos para você, por email, que são pessoas do meu relacionamento que trabalham com restauração de Mavericks aqui em Curitiba. Eles têm tradição de bons serviços e conhecem os caminhos para conseguir chegar nestas peças, que são raras e complicadas de se conseguir algumas vezes, como é o caso deste para-choques, que não foi usado no Maverick Nacional, apenas no Americano, por conta da Lei que surgiu na época de sua fabricação por lá! Obrigado por nos acompanhar e continue curtindo a página do Baú!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *