Motos Clássicas da Praça

Motos Clássicas da Praça

Domingo, 04 de Março… Pouco a pouco elas vão chegando e invadindo a Praça!

 

Tradicional Encontro de Motos na Pç do Atlético

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Domingo de manhã já é costume este encontro. As motos vão chegando aos poucos, e logo já tem uma galera reunida. Mas o encontro não é só de motos clássicas e antigas não, todo tipo de moto é encontrada por ali, para todo terreno, de todas as categorias e potências, clássicas ou modernas, todas vão chegando. 

CB 400 1981: japonesa CB 400 1981: mesma da foto anterior

Até o início dos anos 1980, as motos fabricadas no Brasil eram de pequena cilindrada, e as maiores eram importadas. As primeiras CB400 eram montadas aqui, como esta da foto, e só mais tarde passam a ser fabricadas no Brasil, que depois passa a ser denominada CB400 II. Mais tarde surgem as CB450 e as carenadas CB450 R e CBR450 SR. Objeto de desejo na época de seus lançamentos, não era qualquer mortal que poderia ter uma dessas, e hoje voltam a ser desejadas, porém, com outro olhar, e pensamento de colecionador, rodando menos e exibindo mais suas relíquias bem conservadas e polidas antes do passeio na Praça.

RD350 R: início das motos modernas RD350 R: mesma da foto anteriorOs anos 1970 e 1980 nos proporcionaram um espetáculo de sons e cores, representados por estas máquinas inesquecíveis, numa época em que parecia haver mais charme e distinção em se desfilar numa máquina destas. À partir dos anos 1990 as motos começam a tomar ares de modernidade e abraçar tecnologias de segurança e estética, representando a nova geração de motos, como você confere na imagem acima, nesta linda RD350 R.

espetinhos e lanches para animar o passeioEste passeio para ver as motos na Praça tem outras atrações também. Uma delas, muito frequentada, é a barraca do espetinho, que além de servir estes deliciosos espetos, também tem lanches e bebidas, e tudo é feito na hora, animando o pessoal no intervalo da fome.

CB 500 Four primeira série (sem rabeta) CB 500 Four: mesma da foto anteriorLindas e bem resolvidas, as máquinas dos anos 1990 começam a abandonar a estética conservadora que tanto apaixonou os mais antigos como eu, que gostam das motos de todas as gerações, mas que pararam no tempo admirando e suspirando ao ver máquinas setentonas e oitentonas. Para que você entenda o que eu penso, veja a estética simples e robusta desta CB500 Four, sem rabeta, modelo de antes de 1975; desconfio que este motor é da 750! Um show de simplicidade e bom gosto, e um ronco de arrepiar.CB750 Four primeira série (sem rabeta) Veja mais um exemplo: Uma CB750 Four das mais antigas, também sem rabeta. Elas são mais despojadas, e tem o motor totalmente exposto; é uma moto compacta, mas com motor grande e potente. Fantástica.CB 400 Four: mesma da foto anterior

Esta aí a minha preferida. Mas a Honda não parou no tempo como eu, e produziu máquinas que acompanharam a evolução e seduziram um público que evoluiu junto com seus produtos, confiáveis e seguros, com manutenção garantida.

Encontro de motos aos Domingos de manhãMas como esta matéria é sobre Motos Clássicas, vamos focar nas mais antigas e deixar o convite para um passeio na Praça, que recebe as pessoas com os braços abertos, pois como diz o ditado, “a Praça é do povo”, e o bacana de lá é que o espaço é democrático como o ditado, e tem de tudo, motos de todos os tipos e anos, carros e clubes que se reúnem sem burocracia ou inscrição. Olha que show a variedade de modelos.

show de variedade na Praça

Vamos encerrar esta matéria com esta linda CB 400, muito bem conservada, e das fabricadas por aqui. Uma verdadeira obra de arte. A Praça tem todos os Domingos um grande público, que não tem medo de tempo ruim, e salvo se a chuva for empecilho, lá estarão firmes e desfilando suas máquinas. Apareça para conferir.

CB 400 anos 1980: obra de arte CB400: mesma da foto anterior

Curitiba tem tradição em motos, com bons e renomados restauradores, colecionadores dedicados e amantes das duas rodas, e este encontro é importante para a comunicação entre eles, mantendo viva a emoção de andar em motos clássicas que não são vistas mais pelas ruas em dias normais. A dedicação e o carinho deste pessoal é que nos proporciona o prazer de encontrar estas máquinas expostas e relembrar este passado feliz e presente ainda em nossas memórias. E para que os amantes dos automóveis fiquem com vontade de ir também à Praça aos Domingos, veja estes flagrantes para animar:

Detalhe para os amantes de carros 2 Detalhe para os amantes de carros 1 Detalhe para os amantes de carros 3

Curta a página do Baú e acompanhe os encontros semanais da região!

Eu sou o

Mauricio Super

Por dentro dos Encontros Semanais

Conheça também o Classificados do Baú!

Acompanhe a gente nas redes sociais, olha as opções:

CC BY-SA 4.0 Motos Clássicas da Praça by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

3 Responses so far.

  1. Boa matéria, mas eu tive dificuldade em saber onde seria essa praça, pois sou de São Paulo e lendo todo o texto, só pelo final eu pude deduzir que se trata de alguma praça em Curitiba. Poderia ter dado maiores informações sobre a localização. Abraço.

  2. […] fechar a matéria, uma correção do Post anterior “Motos Clássicas da Praça”, onde em uma das imagens desta CB400 Four vermelha 1975 escrevi CB750 Four, o que me induziu a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *