Música de A à Z – S01E25 – Zé Ramalho

Música de A à Z – S01E25 – Zé Ramalho

 

ditado: fechar com chave de ouro

Este é o último episódio de Música de A à Z, e estou certo e orgulhoso de encerrar esta série com um dos maiores fenômenos do MPB de todos os tempos. Minha admiração por este cantor é do tamanho da alegria em encerrar com chave de ouro esta série. Vou mostrar músicas e letras que resumem a genialidade deste cantor que é a cara do Brasil, mas com algo de especial que é só dele, sua voz e a as letras de suas músicas tem algo de misterioso, quase sagrado! Então nada melhor do que mostrar um pouco do que é este mito da cena musical nacional, curta aí e espalhe para os amigos que na próxima semana estréia a segunda temporada de Música de A à Z com novidades! Mas que novidades?? Acompanhe e confira!

 

Agora com vocês, o grande:

 

Zé Ramalho

Nascido José Ramalho Neto, em Brejo do Cruz, Paraíba, ficou na 41ª posição na lista dos Cem Maiores Artistas, promovida pela revista Rolling Stone, em Outubro de 2008. Não é exagero considerar este cantor um mito, e colocá-lo em destaque neste encerramento desta temporada. Um dos maiores e mais significativos sucesso do Zé Ramalho foi Chão de Giz, do seu primeiro álbum, de 1978:

Quando tinha dois anos de idade, seu pai se afogou numa represa do sertão, e passou a ser criado por seu avô. A relação entre os dois seria mais tarde homenageada na canção “Avôhai”. A inspiração da música teria surgido quando  ele olhou para o céu e viu a “sombra de uma gigantesca nave espacial”, e uma voz disse “Avôhai” em seu ouvido. Ele estava na fazenda para realizar um estudo para a faculdade. “Avôhai” é uma junção das palavras “Avô” e “Pai”. Esta foi a primeira das suas canções que Zé ouviu no rádio, quando estava em um táxi, que com certeza já inspirou outra de suas canções onde ele vai pegar um táxi pra estação lunar, pelo menos eu imagino que sim, pois a imaginação deste cantor parece surgir de sessões de viagens alucinógenas, trazendo para o mundo real coisas incríveis de se imaginar.

Como este é o último episódio da temporada, vamos comemorar e ouvir esta fabulosa criação do Zé Ramalho:

O Brasil tem muitos valores, embora ofuscados pelas repetidas notícias que ouvimos e que acabam por nos entorpecer numa névoa densa e impenetrável, que nos tampa a visão para as maravilhas que produzimos, tanto na música como em várias áreas da criação. Temos consciência do nosso valor, porém, querem nos provar o contrário, e nos confundir com valores sociais que aos poucos vão se enfraquecendo e esgotando. Ainda veremos o dia em que as coisas eternas e que alegram o espírito e enobrecem a Cultura serão valorizadas. Nesta temporada de Música de A à Z você conferiu diversos artistas nacionais e seus sucessos que serão eternos, como o pessoal do O Rappa, do Quarteto em Cy, do Paralamas, do Nação Zumbi, do Gang 90, do Camisa de Vênus e do Aborto Elétrico…

E vamos em frente mostrando o que a Cultura Antiga nos reserva de divertido, de valioso e de eterno!! Obrigado por me acompanhar e até a semana que vem!

E não esqueça, próxima sexta estréia a Segunda Temporada de Música de A à Z e…

Novidades nos aguardam, Confira que vale a pena!

 

eu sou o Mauricio Super

Você já curtiu a página do Baú?

 Ouvir a playlist Músicas de A a Z no Spotify

 Ouvir a playlist Músicas de A a Z no YouTube

 

CC BY-SA 4.0 Música de A à Z – S01E25 – Zé Ramalho by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Post Tagged with , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *