Opala SS x Comodoro: Qual o melhor?

Opala SS x Comodoro: Qual o melhor?

O desafio está lançado!

Depois de mais de duas décadas de fabricação, o Opala continua mantendo um público mais do que fiel; diríamos fanático! Conservados com muito brilho, rodam por aí diversos modelos com a mesma desenvoltura de quando saíram de fábrica zerinho, e a prova está aí:

OPALA SS - 1974

 

 

 

 

 

 

 

 

 

OPALA COMODORO 1977 /1978

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os dois modelos acima têm propostas tão diferentes que nem parecem ser o mesmo carro; pelo aspecto esportivo do SS o público mais jovem e despojado caia por cima dele e saia cantando pneu e apavorando as gatinhas! Não havia quem ficasse indiferente à sua passagem, seu ronco e seu apelo chamativo que fez muita gente suspirar e até hoje acelera corações! O ano de 1974 foi abençoado para o SS, que saiu de fábrica com um visual inesquecível e um bom gosto que o fará eternamente o preferido da maioria dos opaleiros.

Já o Comodoro tem pose de magnata, agradava os mais comportados e bem sucedidos executivos, jovens ou casados, mas com a intenção de mostrar a ostentação do luxo, e a marca da posição social e sucesso profissional. E cumpriu bem com a sua função, apresentando-se como um modelo de elegância e sofisticação, distinguindo quem o comprava, verdadeiro sucesso entre os luxuosos. Mas vamos conferir a História do Opala e nos emocionar com sua partida, que para muitos pareceu precoce:

 

O certo é que o mito ainda vive, nas mãos de admiradores que fazem de todos os seus modelos relíquias e objetos de recordação e prazer. Vamos agora colocar alguns detalhes do esportivo SS e do Executivo Comodoro, lado a lado, aí você decide qual o melhor, mas compare com cuidado:

SS 1974 O Opala SS 1974 trazia de fábrica faixas laterais personalizadas em preto, e no caso deste modelo vermelho, se destacava como a própria imagem da esportividade. A identificação do modelo “SS” destacava-se pelo tamanho, ao final desta faixa preta dupla, que ao início trazia SS 1974o nome do carro “Opala”, e abaixo desta, próximo ao para-choques dianteiro, cromado, vinha a indicação da cilindrada do motor “4100”. O painel traseiro, pintado em preto, trazia a identificação “SS” em vermelho, também em tamanho grande, tudo chamativo e de bom gosto. Quanto Comodoro 1977/1978ao Comodoro, a ordem era ser discreto. O destaque deste ano ficava por conta do “meio teto de vinil”, estilo europeu, contornado com um pequeno friso cromado, de muito bom gosto, e o restante era bem sóbrio, como as calotas parcialmente na cor do carro e a identificaçãoComodoro 1977/1978 cromada no para-lama traseiro, em tamanho normal. Trazia a mesma identificação da cilindrada a exemplo do SS, de “4100”; este modelo pretendia valorizar o luxo para quem o dirigia, e passar batido por onde andava, pois o que importava era o status em forma de discrição e sobriedade. Ponto para a Chevrolet nos dois modelos! Estes dois Opalas da matéria foram flagrados na Praça do Atlético num destes Domingos lindos de Sol que temos tido por aqui, o que percebe-se pelo brilho em suas latarias impecavelmente limpas, polidas e perfeitas. Como bom amante de antiguidades, encostei minha mountain bike “old school”, ao lado desta relíquia e tomei esta pose para encerrar a matéria! Mas afinal, eu volto a perguntar, qual o melhor Opala??

Trek 800 "das antigas" ao lado do Comodoro

Acompanhe as matérias do Baú e curta a página, aqui você tem Cultura Antiga com opinião e informação boa, curta esta ideia!

Eu sou o Mauricio Super

Até a próxima semana!

Acompanhe a gente nas redes sociais, olha as opções:

 

CC BY-SA 4.0 Opala SS x Comodoro: Qual o melhor? by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *