PenseRápido (01 de Julho)

PenseRápido (01 de Julho)

Algumas frases jogadas no ar nos colocam para pensar mas nem sempre as entendemos no momento! Engraçadas, inusitadas ou…tristes, algumas estarão aqui pra você pensar rápido!

 

Semana 1  julho 2013

botas judas

ouro judas

 

Onde Judas perdeu as botas

Significado: Lugar longe, distante, inacessível.

Histórico: Como todos sabem, depois de trair Jesus e receber 30 dinheiros, Judas caiu em depressão e culpa, vindo a se suicidar enforcando-se numa árvore. Acontece que ele se matou sem as botas. E os 30 dinheiros não foram encontrados com ele. Logo os soldados partiram em busca das botas de Judas, onde, provavelmente, estaria o dinheiro. A história é omissa daí pra frente. Nunca saberemos se acharam ou não as botas e o dinheiro. Mas a expressão atravessou vinte séculos.

 

fonte: http://culturanordestina.blogspot.com.br/2009/06/o-verdadeiro-significado-de-alguns.html

========================================================================

 

Cor de burro quando fogeburro quando foge

Seria a cor do título acima? Seria a cor da foto do burro ao lado? Não, com certeza! A frase original era “Corra do burro quando ele foge”. Tem sentido porque, o burro enraivecido, é muito perigoso, é melhor sair da frente dele. A tradição oral foi modificando a palavra da frase que era “corra” acabou virando “cor”.

fonte: http://culturanordestina.blogspot.com.br/2009/06/o-verdadeiro-significado-de-alguns.html

 

=========================================================================

 

 

Os homens mentiriam muito menos se as mulheres fizessem menos perguntas.

(Max Nunes)

homem mentindo

você não acredita, benzinho??

====================================

 

“Salvo pelo gongo”

salvo pelo gongo

Diz-se quando uma pessoa escapa por pouco de uma situação ruim, ou de um desastre qualquer.

Histórico: O ditado tem origem na Inglaterra. Lá, antigamente, não havia espaço para enterrar todos os mortos. Então, os caixões eram abertos, os ossos tirados e encaminhados para o ossário e o túmulo era utilizado para outro infeliz.

Só que, às vezes, ao abrir os caixões, os coveiros percebiam que havia arranhões nas tampas, do lado de dentro, o que indicava que aquele morto, na verdade, tinha sido enterrado vivo (catalepsia – muito comum na época). Assim, surgiu a idéia de, ao fechar os caixões, amarrar uma tira no pulso do defunto, tira essa que passava por um buraco no caixão e ficava amarrada num sino. Após o enterro, alguém ficava de plantão ao lado do túmulo durante uns dias. Se o indivíduo acordasse, o movimento do braço faria o sino tocar. Desse modo, ele seria salvo pelo gongo.

fonte: http://culturanordestina.blogspot.com.br/2009/06/o-verdadeiro-significado-de-alguns.html

 

 

 

 

 

CC BY-SA 4.0 PenseRápido (01 de Julho) by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *