Um Sobrevivente ao Tempo

Um Sobrevivente ao Tempo

Nas manhãs geladas de Curitiba dos anos 60 e 70, ele ficava no tempo, embaixo de uma cobertura que não ajudava muito e o gelo cobria todo o capô e o para-brisas. O radiador era esvaziado para não congelar, pois naquela época não havia os coolers que encontramos hoje no mercado para adicionar a água do radiador, que tanto ajudam em altas e também em baixíssimas temperaturas. De manhã a água era reposta antes da partida, parte fervendo pra ajudar, e a partida era na manivela mesmo, pois a bateria não girava o suficiente para o motor pesado e um motor de arranque limitado.

Parked_Land_Rover_Series_Land_Rover_00015220

Land Rover Series I ( 1954/1958 )
Foto por Elsie

Aí está ele, estamos falando do Land Rover Series I, que foi lançado em 1948 no Salão do Automóvel de Amsterdã, e que tem mais de 60 anos de sucesso. O modelo da foto deve ser entre os anos de 1954 a 1958, mas ficou muito tempo igual, até que alguns detalhes pequenos mudaram, por força de legislação, e assim os faróis foram para os para-lamas, entre outros pequenos detalhes. Meu pai trabalha com um modelo 1951 verde, muito lindo, pena que eu não tenho fotos dele para publicar. Ele era todo de alumínio, e eu acreditava na época que era por questão somente de qualidade, mas fiquei sabendo mais tarde que era por escassez de aço. De qualquer forma, o carro era muito valente, mesmo com seu pequeno propulsor 4 cilindros, tinha tração nas quatro, caixa reduzida separada e roda-livre dianteira que o deixava apto a rebocar um caminhão com estes equipamentos ligados, de verdade. Este carro era usado pela família para todas as atividades, para fazer compras, viajar, passear e tudo que fosse preciso. Forte e de bom humor, mesmo já antigo na época, não costuma quebrar, apenas era necessário certa experiência para guiar, pois a caixa não era sincronizada e tratava-se de um carro pesado, de volante mecânico e sem nenhum luxo ou acessórios de comodidade. Mas era um jipão, e este era o charme, que fazia as pessoas ficarem com torcicolo ao passarmos pelas ruas desfilando lentamente, pois era a única maneira de andar, já que rápido era complicado pela redução da caixa de marchas. Quando a gente é criança tudo é diversão, e pra mim o Land Rover representava exatamente isto, e o que eu mais queria era poder estar habilitado para guiá-lo, o que não houve tempo, pois ele foi embora antes devido a problemas em conseguir peças de manutenção na época. Mas ele ficou na memória e merece esta crônica em homenagem, por ser um carro valente e que está ainda em fabricação, depois de tantas mudanças nestes 60 anos, fazendo parte de um portfólio de produtos de uma empresa que se modernizou e ainda assim manteve os pés na tradição.

00015216_Parked_Land_Rover_Series

Land Rover Prata 1962
Foto por jrok

Pete_Land_Rover_00015217

Land Rover cor-de-rosa com várias modificações
Foto por pete

Espero que ainda possa ver rodando por aí por muito tempo esses jipes pois eles mantém meu vínculo com um passado que parece muito próximo, parece que foi esses dias todos que andei num Land Rover, que precisava colocar água no radiador com muita frequência pra não ferver, e também completar a água da bateria, coisa que os mais jovens nem devem acreditar, lubrificar a suspensão, e outras coisas de antigos.

Meu principal objetivo é fazer com que você puxe pela memória e relembre dos seus momentos com seu antigo, e viva este passado com intensidade para passar para os mais jovens estas experiências vividas e construir um futuro com base, e não só pensarmos em inovações a qualquer preço, sem preservar a memória e os valores que no final são exemplos de preservação do próprio planeta em que pretendemos viver mais algum tempo, pois se nos entregarmos aos modismos, estaremos favorecendo o descarte rápido de tudo que é bom, e que esquecemos de dar valor pela maior facilidade de obtenção.

 

Lembre seu filho disto!

 

 

Publicado em 12 de junho de 2013, Curitiba.

 

Grande abraço e até o próximo carro ( e próxima crônica )

 

 

 

 

CC BY-SA 4.0 Um Sobrevivente ao Tempo by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Post Tagged with ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *