Viajante do tempo – Cap IV – 1968 Festival de Sanremo

Viajante do tempo – Cap IV – 1968 Festival de Sanremo

Olá, viajante do tempo, chegamos em algum lugar distante, mas onde estamos agora? É o que vou descobrir e contar pra vocês, então me acompanhe e curtam esta nova viagem no tempo...

“The Time Machine”, filme de H.G. Wells, de 1960

Bom, pra que você entenda melhor, à cada viagem que eu estou fazendo e relatando pra vocês, eu tento regular nossa máquina do tempo para escolher a data da viagem, mas não tenho tido sucesso e ela cai num local e tempo indeterminado. Só o que está dando certo é que sempre está indo mais para o passado, embora eu não saiba como regular a danada para voltar depois. Vou recordar ao amigo que me acompanha os locais e datas onde já estivemos:

Em nossa primeira aventura estivemos em Dezembro de 1991, e vimos pelo noticiário que a URSS caiu! Mikhail Gorbachev, que iniciou o processo de abertura econômica e política, a Perestroika, acabou se tornando impopular com o tempo, e renunciou! Você pode conferir a matéria clicando neste link.

Queda da URSS em 1991

Queda da URSS em 1991

Imagine cair justo neste local e situação! Complicado, mas enfim deu tudo certo e prossegui viagem, sem saber pra onde, mas ao menos sai desta situação russa. Fui acabar chegando em Nova York, em Dezembro de 1980, e havia um tumulto por lá devido ao assassinato do John Lenon, em frente de seu próprio apartamento. Veja a matéria.

Edifício Dakota

Veja aí a foto da entrada do Edifício Dakota, local onde Lennon foi executado

A próxima parada foi em 1974, em Lisboa, e lá estava eu envolvido na “Revolução dos Cravos”, apoiada pelo povo para por fim ao Salazarismo, vi as negociações e fiquei feliz de saber que após um período conturbado, as coisas melhoraram. Mas cada viagem é uma surpresa! Quer conferir, vai lá!

"Revolução dos Cravos"

Revolução com o apoio do povo

 

 

 

 

 

Então, esse é o resumo das viagens no tempo até então, e agora eu vou contar onde estou, mas antes veja este vídeo do show que eu acabei de assistir na TV ao vivo, e se surpreenda de verdade, como eu me surpreendi:

 

É isso mesmo, estamos em 1968 em Sanremo, na Itália, e quem está fazendo sucesso por aqui é o Roberto Carlos! Você conhecia este festival? Para quem não conhece e também não sabe da carreira deste cantor, que aliás resiste até os dias atuais, Roberto Carlos já abalava as estruturas nos anos de 1960, e neste caso, em 1968, no famoso Festival de Sanremo, na Itália! Veja que ele venceu o festival interpretando uma música do Sérgio Endrigo, famoso cantor e compositor italiano, ficando em primeiro lugar no Festival com louvor! A euforia tomou conta dos italianos, seja pela participação e vitória de um brasileiro, seja pela antiga amizade entre os povos, celebrada neste momento de festa! Confiram na imagem.

Roberto Carlos

Roberto Carlos aclamado pelo público italiano

Festival de Sanremo

Não é por acaso que sua carreira decolou nas décadas seguintes. Pioneiro da Jovem Guarda, acompanhou a evolução da MPB e se encaixou no gosto popular, conquistando prêmios e fazendo parcerias famosas, como a do cantor Erasmo Carlos. Polêmico por suas manias, embora adorado por um grande público, hoje divide opiniões, mas não podemos negar seu importante papel na nossa música popular, especialmente a chamada música romântica. O Festival de Sanremo é muito tradicional e existe desde 1951, até os dias atuais, mas a sua história começa em 1946, mesmo que a premiação só tenha começado em 1951, e está entre os principais eventos musicais do mundo, e possivelmente o mais importante da Europa. A cidade de Sanremo é uma comuna italiana da região da Ligúria, e conta com aproximadamente 50.000 habitantes, e esta foto é do Centro Histórico, onde fui dar um passeio e conhecer melhor.

Centro Histórico Sanremo

Ao contrário das viagens anteriores, aqui está tudo tranquilo e vou aproveitar para conhecer as belezas desta encantadora cidade, que fica na região da Ligúria, ao norte da Itália, à beira mar, e assimilar estes fatos que me surpreenderam tanto quanto a você, acredito.

Enquanto isso assista ao vídeo de uma concorrente do Roberto Carlos neste mesmo festival. Você consegue acreditar que ele venceu nada menos que a Shirley Bassey que cantou este clássico eterno e maravilhoso “My Life”, com este vozeirão espetacular?? Verdade, confira aí, pois eu não estou acreditando até agora!! Que festival latino este…

Espero que você que me acompanha tenha ficado surpreso com estas notícias, pois eu confesso que não conhecia esta passagem da História, mas com a minha máquina do tempo acabei vendo com espanto o quanto nós brasileiros temos pouca memória ou damos pouco valor aos nossos talentos, pois com certeza temos inúmeros exemplos de sucessos mundiais que nem sequer são reconhecidos no Brasil.

Até a próxima, meu amigo, quem sabe onde esta máquina maluca vai me levar na próxima viagem, só o que eu sei é que está indo cada vez mais para o passado distante. Então, até breve com novas surpresas!

Fique conosco, curta a página do Baú e acompanhe as notícias do viajante do tempo, para saber mais desta odisseia humana…

Eu sou o Mauricio Super

Acompanhando o viajante do tempo

 

Acompanhe a gente nas redes sociais, olha as opções:

 

CC BY-SA 4.0 Viajante do tempo – Cap IV – 1968 Festival de Sanremo by Baú dos Antigos is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *